O MÉTODO

Uma boa condição física é o primeiro requisito para ser feliz. J.H.Pilates
O método Pilates é um sistema completo de exercícios praticados no solo ou em equipamentos especialmente desenvolvidos para sua prática.
Originalmente, seu criador Joseph Hubertus Pilates denominava seu método de Contrologia – “ É a completa coordenação entre corpo, mente e espírito. Através da Contrologia se adquire completo controle sobre o próprio corpo.” Tendo como objetivo final a realização das múltiplas tarefas da nossa vida diária com prazer e energia.
O método dedica-se a explorar o potencial de mudança do corpo humano. Esta mudança, que tem como meta alcançar um melhor funcionamento do corpo, baseia-se no fortalecimento, alongamento e flexibilidade do Centro de Força (Powerhouse), constituindo o pilar fundamental do método. O Centro de Força é formado por músculos abdominais, do assoalho pélvico, músculos da coluna e pelo diafragma. O segundo pilar do método é a aplicação dos seis princípios básicos fundamentais: concentração, controle, centro, fluidez nos movimentos, respiração e precisão.
Joseph Pilates buscava a saúde integral, considerando o homem em sua totalidade.

 

A HISTÓRIA

Joseph Hubertus Pilates, o criador do método Pilates, nasceu em 1881, na cidade de Mönchengladbach, na Alemanha. Desde criança sofria de asma, raquitismo e febre reumática.
Estudou diversas formas de movimento, incluindo yoga, técnicas gregas e romanas.Foi fisiculturista, mergulhador, esquiador, boxeador e ginasta.
Durante a Primeira Guerra Mundial, em 1912, Pilates foi para a Inglaterra, onde ficou detido por um ano com outros alemães em Lancaster. A ginástica de Pilates trouxe benefício a outros internos, que desenvolveram a musculatura e se tornaram mais fortes do que eram antes de serem presos. Além destes, trouxe benefícios àqueles homens que não foram contaminados pela epidemia de influenza que matou milhões de pessoas na época. Trabalhando como enfermeiro voluntário, cuidando de pessoas incapacitadas e enfermas por causa da guerra, Pilates desenvolveu máquinas que o ajudaram na reabilitação dessas pessoas e foram os protótipos dos equipamentos utilizados no método até hoje.
Após a guerra, ele voltou à Alemanha para dar continuidade ao seu trabalho.
Em 1925, Joseph foi professor de um importante membro do governo alemão que o convidou para treinar o novo exército alemão. Neste período, ele decidiu ir para a América. Uniu de forma espetacular em uma única prática os conceitos ocidentais de desenvolvimento de força e resistência física com os princípios orientais do controle da respiração, flexibilidade, equilíbrio e concentração, trazendo harmonia e beleza para o corpo e equilíbrio para a mente e espírito. Seu estúdio, na cidade de Nova York, recebeu a atenção da comunidade de dança e a “Contrologia”, tornou-se parte integral do treinamento de bailarinos. Em outubro de 1967, Joseph Pilates morreu aos 84 anos, vítima de complicações respiratórias causadas pela exposição à fumaça durante um incêndio que ocorreu um ano antes em seu estúdio na 8th Avenida.
Durante os anos em que desenvolveu e aplicou o seu método, Joseph Pilates passou seus conhecimentos a inúmeros profissionais que abriram seus próprios estúdios em várias partes dos EUA e ajudaram a disseminar seus ensinamentos em todo o mundo.